A importância do Voluntariado nos dias atuais, por Diego Mingroni Carvalho

Abroadly_SouthAfrica_15
Abroadly_SouthAfrica_15

Assistimos todos os dias um índice crescente de aspectos sociais negativos, com seqüelas e soluções de continuidade imensuráveis na saúde, educação e segurança pública.

Assistimos também o comodismo de muita gente que, acreditando ser invulnerável a todo e qualquer sinistro, esquivam-se de compartilhar, estão sempre com pressa, ignoram colaboração coletiva e omitem-se no próprio egoísmo.

lamentavelmente essas pessoas inertes ainda comungam aquela máxima de que: pago meus impostos e exijo meus direitos. Está na hora de rever seus conceitos. Está na hora de ver o que se passa na sua rua e no seu bairro. Há muita atividade que poderia melhorar o convívio e a vida das pessoas se cada uma delas absorvesse o espírito do voluntariado. De uma simples ajuda a grandes mutirões se consegue resultados espetaculares e os beneficiados são para todos, sejam crianças, jovens e adultos.

Quem ainda comunga que o governo é culpado daquilo ou disso está vendo a vida passar e não se coaduna com a cidadania plena entre seres humanos. Há pessoas que são capazes de destinar horas passeando com cães, mas não se oferecem para levar os idosos num dia de sol na pracinha mais perto de casa. Solidarizam-se com semelhantes somente na época do natal e acreditam que estão aumentando seus créditos com Deus para após a morte entrarem no céu. Ora, está na hora de se trabalhar o hoje. Viver e atuar com espírito de grupo, compartilhando e ajudando no que for possível. Bem perto da sua casa há um posto de saúde, um hospital, uma escola, uma creche. Por que não ajudar com uma hora por dia como voluntário. Há tantas maneiras de colaborar que você vai se surpreender quando conhecer o interior dessas repartições.

No Instituto dos Cegos de Londrina, estado do Paraná, por exemplo, os voluntários anônimos, gravam fitas de livros inteiros, poesias, contos, crônicas, para que todos os deficientes visuais possam ter a leitura auditiva. Um trabalho emocionante porque proporciona uma viagem pelo universo da imaginação.

Nos hospitais que tratam do câncer em vários pontos do país, o expediente administrativo pode ser auxiliado com o mínimo de domínio do computador, para ajudar no preenchimento dos formulários, por exemplo. Ou ainda auxiliar na cozinha, recolher donativos, levar uma palavra aos doentes ou simplesmente visitar as pessoas que estão internadas.

Nas creches, que tal servir a merenda para as crianças uma vez por dia? Compartilhar do momento do recreio e voltar no tempo, para que a dormência lúdica que existe em cada um de nós floresça novamente e produza em nosso metabolismo as boas endorfinas da alegria e felicidade.

Pessoas aposentadas e felizes, em muitas partes do país, se solidarizam com escolas de periferia e lá ensinam crianças a jogar xadrez, dama, dominó e a montar os deliciosos quebra-cabeças. São essas atividades que fazem as crianças e os jovens terem a boa disputa esportiva e conhecer a verdadeira relação de vitória e derrota. Molda-se o caráter através da prática do raciocínio. Não há agressões de impactos.

Ações voluntárias fazem muita diferença porque estreitam laços, resgatam convívios de amizade, eliminam a vaidade humana e aproximam as pessoas no entendimento de que o bom mesmo na vida é ser e não ter.

Diego Mingroni Carvalho
MBA – Master of Business Administration, Administração e Negócios
DMC – UniCesumar
Arapongas, Paraná, Brasil

Baile de Máscaras do Spanta celebra a tradição do carnaval no Rio de Janeiro

unnamed
unnamed
O Baile de Máscaras do Spanta resgata uma das principais tradições cariocas com uma grande folia carnavalesca no Terraço Lagoon, na Lagoa Rodrigo de Freitas.  A vista panorâmica para um dos cartões postais mais queridos dos cariocas, que também é o berço do bloco Spanta Neném, será o cenário de um universo de magia e encantamento, revivendo os grandes bailes de carnaval que marcaram a história do Rio. O baile celebra a alegria e a diversidade, fazendo uma única exigência: os foliões devem ir fantasiados ou mascarados com traje de gala, como manda a tradição.

O 13º Baile de Máscaras do Spanta chega com um motivo especialíssimo para comemorar. Em 2020, o Spanta assumiu de vez a vocação do maior Festival de Verão do Rio. A temporada, que reuniu cerca 40 mil foliões na Marina da Glória, em quatro sábados, foi o grande evento do verão carioca e se consolidou no calendário cultural da cidade. Nomes como Djavan, Seu Jorge, Ludmilla, Emicida, Anavitória, Pitty e Henrique & Juliano fizeram parte da programação do Spanta 2020. O festival também recebeu Marcelo Falcão, Malía, Vitor Kley, Xenia França, Mano Brown, Moacyr Luz, entre dezenas de artistas, reforçando a pluralidade de estilos, ritmos e gêneros.

O Baile de Máscara será comandado pela Chupeta Elétrica, nas vozes de Alan Moura e Wictoria Tavares, representando toda a diversidade musical do Spanta. O show terá participações dos cantores Toni Garrido, Emanuelle Araújo, Marcelle Motta, vocalista da Roda do Spanta, e muito mais. Além da música, outras performances artísticas também terão vez como apresentações de malabares, performance em tecidos aéreos, bambolês e pernas de pau. A Fanfarra desfilará em cortejo pelo salão.

Serviço Completo:
Baile de Máscaras do Spanta
Local: Terraço Lagoon Av. Borges de Medeiros 1.424 – Lagoa, Rio de Janeiro
Data : 14 /02
Horário: 21  hrs
Ingressos: R﹩ 100,00 (meia-entrada), R﹩ 200,00 (inteira)
Vendas: http://www.ingressocerto.com/bailespanta