As avanços da mulher no segmento da Advogacia

Giuliana Fagotti

Giuliana Fagotti

A mulher sempre travou uma enorme luta para alcançar alguns direitos que eram vistos como masculinos, como, por exemplo, na área acadêmica, onde a mulher sempre foi vista como responsável pelas tarefas domesticas apenas. Ainda mais na área do direito que sempre se mostrou um tanto machista, mas através de mulheres brilhantes e determinadas conseguiram modificar esse quadro social na área do direito.

É preciso ressaltar algumas pioneiras na advocacia como Maria Augusta Saraiva, a primeira figura feminina a ingressar na Faculdade de Direito do Largo São Francisco e primeira mulher a atuar no tribunal do júri, Myrthes Gomes de Campos, que tornou-se a primeira advogada do Brasil e a pioneira na luta pelos direitos femininos e Esther de Figueiredo Ferraz, que conquistou na OAB/SP o direito de ocupar uma cadeira em meio aos homens do conselho e foi a primeira mulher da América Latina a comandar uma Reitoria de Universidade, no caso o Mackenzie.

É claro que ainda não chegamos numa igualdade entre homens e mulheres no mundo jurídico, ainda há muita discriminação principalmente quando é tratada como “sexo frágil” e assim, por muitas vezes, ser discriminada e não receber o mesmo respeito tal qual um advogado homem. A porcentagem de mulheres advogadas em cargos de liderança ainda é inferior ao de advogado homem, devido a idéia arcaica de que a mulher não possui a mesma imponência de um homem e que não consegue alcançar os mesmos objetivos devido seu lado acolhedor e maternal.

 Porém ao olharmos para a sociedade atual, percebemos o oposto, pois as mulheres estão se mostrando mais fortes e dedicadas, até mesmo pelo fato de terem que provar seu próprio potencial diariamente e por quererem atingir a igualdade entre os sexos, a sua dedicação é ainda maior aos estudos e a rotina de trabalho, deixando de lado aquela ideia de “mulher do lar” e submissa.

E quando se comemora o mês Internacional da Mulher, devemos nos lembrar que, independente do sexo biológico, não devemos julgar precipitadamente a capacidade de uma pessoa, além de ressaltar todas as mulheres que – diariamente – rompem com o preconceito que ainda resiste e persiste em nosso Brasil.

Giuliana Fagotti- Assistente Jurídica

Fagotti Sociedade de Advogados

www.fagotti.adv.br

Fonte: Jornalista Mauricio  Coutinho 

 

Páscoa totalmente saudável ,confeitaria Cutie Okashi investe em produtos artesanais com menos açúcar

CHOUX CREAM

 

Confeitarias investem em versões diferentes de ovos, bombons e outros doces para agradar a todos os públicos,Páscoa época mais  gostosa do  ano  está  chegando e claro a  preocupação com a  dieta .

Pensando  numa  páscoa  mais  saudável a  confeitaria artesanal Cutie Okashi,  que tem base na cultura Yogashi japonesa, conforme explica Caio Shirata, Gastrônomo, CEO e fundador da empresa. “Confunde-se quem pensa que os doces japoneses estão limitados apenas aos famosos doces de feijão, a confeitaria oriental vai muito além disso, hoje graças a essa disseminação de cultura temos doces criados na França, adaptados no Japão e que agora estão chegando ao paladar brasileiro”.

Em sua base a confeitaria Yogashi já traz como preocupação a fabricação de doces com menos açúcar, como a famosa Choux Cream, símbolo dessa nova confeitaria, uma versão assada da massa de carolina, sem a parte de chocolate derretida por cima e com o recheio sendo substituído de leite condensado para creme legeré, uma espécie de creme de confeiteiro, dando mais suavidade e deixando o doce bem mais saudável.Os recheio dos chouxs podem ser variados, desde ganache normal, low carb até sorvete.

Sabemos que o brasileiro tem um amor incondicional pela Páscoa, e que seu paladar ainda é muito voltado para o doce, por isso resolvemos intercalar e oferecer tantos as opções com chocolate meio amargo, low carb e também o tradicional, o importante é você entender o que seu cliente deseja, sem perder a essência da sua marca” explica Shirata.

Atualmente o cardápio de páscoa da Cutie Okashi oferece as famosas choux cream (as carolinas japonesas) em versão especial de páscoa, ovos de colher de bolo como red velvet, chocolate low carb  e meio amargo com recheio de pistache e bombons de Sakura (cerejeiras) com o novo chocolate belga Ruby, que é naturalmente rosado e tem um sabor frutado, lembrando bastante frutas vermelhas.

Onde Encontrar:

Instagram : Cutie Okashi

Facebook  Cutie Okashi

Informações: (11)99740-2798