Apaixonados por vinhos ,agora podem encontrar ,4 vinhos raros na região da Anália Franco

VINHO MOUCHÃO

 

O  vinho  é uma  bebida clássica para  cada  momento  especial  da  nossa  vida  seja para  companhar  um  jantar ,seja  com  amigos ou em  outras  ocasiões ,a  bebida  é  capaz de fazer  bem  para  a  saúde ,se  consumida  moderadamente ,prevenir  doenças e contribuir para  uma  maior  expectativa de  vida .

Para aqueles que moram  na  região  da  Anália  Franco possui ótimas  opções para  degustar  bons e raros vinhos. O maior restaurante de culinária mediterrânea da região, o Marettimo, conta com 4 vinhos mais incomuns e auxílio para boas harmonizações com pratos.

Veja a seguir as indicações de Francisco das Chagas Alves de Souza, gerente da Casa:Pêra-manca, Corte de Cima, Chablis e Mouchão são algumas das opções da bebida para paulistanos no Anália Franco

1.- Pêra-Manca:O vinho branco Pêra-Manca possui um aroma com notas minerais, frutado, persistente, fino e complexo. Macio, seco com um bom corpo e um ligeiro acídulo nobre, o vinho português é da safra de 2015 e considerado especial pela simplicidade e dentre os vinhos brancos portugueses é o mais conhecido mundialmente.Para uma harmonização perfeita com o vinho Pêra-Manca, que existe há mais de 500 anos, Souza afirma “casaria perfeitamente com nossos pratos de Lagosta ou Bacalhau”.

  1. Corte de Cima:O Corte de Cima, também português, é um vinho tinto seco e apresenta potencial para envelhecer até 10 anos na garrafa. Tom fortificado estruturado, marcante, que não some da boca é indicado harmonizar com pratos estruturados, como o Bacalhau à Lagareiro, que são postas de bacalhau douradas no azeite, acompanhadas de batatas ao murro, alho, cebola, brócolis, tomate, azeitonas e arroz, servidos no Marettimo.
  2. Chablis:O vinho francês é referência mundial quando o assunto é sua forma mais pura, sem aquela manteiga, fruta tropical doce e potência alcóolica que geralmente se encontra no Novo Mundo, a fim de mascarar as verdadeiras qualidades desta uva.A harmonização casa perfeitamente com frutos do mar e pratos que possuem derivados de queijo. “O Chablis é um vinho branco muito fresco com um toque elegância, bebida perfeita para combinar com o Camarão à Marettimo, que é camarão ao molho de creme de leite e curry, acompanhado de arroz de amêndoas”, indica Souza.
  3. Mouchão:Complexo e fino, de compotas de frutos vermelhos e especiarias, o português Mouchão é um vinho tinto seco bem estruturado que vai bem com a carne de cordeiro. “O prato de Paleta de Cordeiro ao molho do chef, acompanhado de arroz e feijão branco é perfeito para harmonizar com o Mouchão”, sugere Souza.

Além dos vinhos especiais citados acima, um dos destaques do Marettimo é o espaço da adega que conta com mais de 80 rótulos, entre nacionais e estrangeiros, renomados e de alto valor, de oito países como, Espanha, Portugal, Itália, Argentina, Chile, entre outros.

 

Serviço Completo:

Local: Restaurante  Maréttimo  R. Curupá, 580 – Jardin  Analia  Franco

Informações: www.marettimo.com.br