Serra da Capivara possui sítios arqueológicos abertos à visitação

Localizado no estado do Piauí o Parque Nacional Serra da Capivara é destino obrigatório para aqueles que gostam de arqueologia. Nele existem mais de 300 sítios arqueológicos em exploração ou estudo, quase 50 deles abertos a visitação do público.

A beleza natural do local surpreende e por ser pouco conhecida a área possui importante potencial para o desenvolvimento de um turismo cultural e ecológico, constituindo uma alternativa de desenvolvimento para a região.

Para marcar o XVI Congresso Mundial da Union Internationale des Sciences Préhistoriques et Protohistoriques (UISPP) e do XVI Congresso da Sociedade Brasileira de Arqueologia (SAB), que se realizará em Florianópolis (SC) de 4 a 7 de setembro, a Ambiental Turismo preparou uma saída especial para a Serra da Capivara.

O passeio vale a pena tanto para os estudiosos do assunto que se encontrarão na capital catarinense (e que antes podem dar uma esticada ao Piauí) quanto para quem quer conhecer o tema e desfrutar da natureza exuberante do local.

O pacote com partida de São Paulo custa R$ 2.307.

SERVIÇO:
www.ambiental.tur.br

			
		

SP é a cidade mais procurada para o feriado, segundo pesquisa

Pesquisa aponta que a capital paulista é a cidade mais procurada para o feriado de Corpus Christi
A cidade de São Paulo é o destino mais procurado do país para o feriado de Corpus Christi, de acordo com pesquisa feita pelo buscador de viagens Mundi.

No ano passado, a capital paulista havia ficado em segundo lugar no ranking – feito no mesmo período. Quem ocupa a segunda posição agora é o Rio de Janeiro, seguido, respectivamente, por Salvador e Brasília.

De acordo com o presidente da São Paulo Turismo (SPTuris), Caio Luiz de Carvalho, a vasta oferta cultural, a badalada vida noturna, os excelentes restaurantes, opções de compras e passeios são um prato cheio para o visitante. “E não podemos esquecer dos eventos que, aliados a agenda cultural e aos negócios, foram o tripé que hoje faz de São Paulo o primeiro destino turístico do país”, diz Carvalho, que ainda lembrou que durante o feriado acontece a Parada LGBT, uma grande programação GLS, a Marcha para Jesus e o São Paulo Mix Festival, entre vários outros. “Essa diversidade que marca a cidade é, na verdade, outro grande trunfo. Sabemos receber bem sem discriminar ninguém, aqui há lugar para todos os visitantes”, ressalta o presidente da empresa municipal de promoção turística e eventos.

A pesquisa do Mundi contemplou todas as buscas realizadas pelos internautas nos mais de 50 mil destinos cadastrados em todo o mundo.

Veja a lista dos dez primeiros:

1° lugar: São Paulo
2° lugar: Rio de Janeiro
3° lugar: Salvador
4° lugar: Brasília
5° lugar: Buenos Aires
6° lugar: Belo Horizonte
7° lugar: Curitiba
8° lugar: Porto Alegre
9° lugar: Recife
10° lugar: Fortaleza

(foto internet)

Vai começar a temporada de neve em Termas de Chillán

nicia-se nesta semana a temporada de neve no Chile. Quem já conhece o Ski e Spa Resort Termas de Chillán será surpreendido neste inverno; desde janeiro deste ano, os 110 quartos, o living e o bar do Gran Hotel estão totalmente reformados. Para agradar os visitantes, o espaço ficou muito mais moderno, confortável e acolhedor.

Com a neve que já cai por lá, a temporada deve ser divertida para os turistas, que vão poder curtir atividades ao ar livre, como paintball na neve, ski nórdico e arborismo, além do cassino e o spa, para quem preferir não sair do aconchego do hotel.

Sobre Termas de Chillán
Uma das mais belas estações de esqui do Chile está situada em Termas de Chillán, a cerca de 500 kms ao Sul de Santiago. Localizada em território vulcânico, a região possui exuberantes paisagens, além das procuradas águas termais e banhos terapêuticos. O ski resort e spa conta com dois hotéis e condomínios, restaurantes, bares, cassino, saunas, piscinas, spa. Para quem gosta de esportes radicais, Termas de Chillán também conta com as opções de passeios com raquetes de neve, trenós com cachorros Alaskan Malamoute, Clube da Montanha (para crianças de 6 a 11 anos), jardim de neve (para crianças com idade entre 2 e 6 anos), entre outras atividades ao ar livre.

(assessoria)